Publicidade

São Leopoldo: SAMU Leopoldense comemora hoje(11/06), onze anos de funcionamento

11 de junho, 2018 às 14:20 - por Redação do www.visaodovale.com.br

Apresentação

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) é um serviço de atendimento médico brasileiro, utilizado em casos de emergência. Foi idealizado na França, em 1986 como Service d’Aide Médicale d’Urgence — que faz uso da mesma sigla “SAMU” — e é considerado por especialistas como o melhor do mundo.

 Histórico

O primeiro SAMU implantado no Brasil foi na cidade de Campinas, através do médico coordenador José Roberto Hansen. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu, no ano de 2005, um total de 64.131 ocorrências; divididas em 21.722 com envio de ambulância do Samu e 42.409 com triagem médica para envio de transporte.

O Ministério da Saúde lançou, em 2003, a Política Nacional de Urgência e Emergência com o intuito de estruturar e organizar a rede de urgência e emergência no país. Desde a publicação da portaria que instituiu essa política, o objetivo foi o de integrar a atenção às urgências. Hoje a atenção primária é constituída pelas unidades básicas de saúde e Equipes de Saúde da Família, enquanto o nível intermediário de atenção fica a encargo do SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel as Urgência), das Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24H), e o atendimento de média e alta complexidade é feito nos hospitais.

O Samu, serviço que é administrado pelas Prefeituras, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, tem parceria com o Ministério da Saúde. O serviço pode ser acionado pelo telefone 192 e atende a três objetivos: atendimento para casos clínicos, a regulação do sistema de vagas de urgência e emergência em hospitais secundários e terciários por uma central 24h e educação em urgência e emergência. Acesse a página do SAMU clicando aqui: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=1787  

SAMU EM SÃO LEOPOLDO: O SAMU de São Leopoldo foi inaugurado em 1 de junho de 2017. A equipe do Salvar, no município, teve inicio  com 50 profissionais, entre médicos, auxiliares de enfermagem, técnicos de enfermagem e motoristas. O atendimento de urgência e emergência da base começou com quatro veículos: um de suporte avançado, um de intervenção rápida e duas viaturas de suporte básico. De acordo com Osmar Terra que era o Secretário da Saúde Estadual na época , o Salvar tem o objetivo de integrar o atendimento na Região Metropolitana, aliviando a demanda na Capital. O prefeito que também administrava a cidade quando da inauguração do SAMU, afirmou que os profissionais enfatizou a importância deste importante serviço, o que realmente se confirmou ao longo destes 11 anos que o mesmo funciona em São Leopoldo. Na solenidade de inauguração, o Prefeito afirmou, que  “Esses profissionais estão capacitados para salvar vidas.

O funcionamento do SAMU, é uma parceria entre governo federal, governo estadual e municípiosl e municipal. “A União entra com 50% e nós e o Estado com 25% cada nos repasses das verbas.” O Salvar de São Leopoldo está em atividade deste então e é acionado pelo número 192. A solenidade de inauguração do serviço ocorreu no Auditório do Hospital Centenário, na avenida Theodomiro Porto da Fonseca, 799. A base do Salvar/Samu Metropolitano de São Leopoldo foi instalada ao lado do hospital da cidade. A base possui acomodações para os profissionais como quartos, cozinha, banheiros e uma sala para reuniões.

Autor

Bado Jacoby

bado@visaodovale.com.br

Publicidade

quero-quero-banner-1024x97

2016 - Todos os direitos Reservados