Publicidade

São Leopoldo: João Pedro e seu Skate superando seus limites

24 de setembro, 2018 às 11:39 - por Redação do www.visaodovale.com.br

Correr, driblar, chutar e comemorar um gol. A cena, que para meninos e meninas de todas as idades é normal em campinhos de peladas nos bairros e em quadras de esportes, para o estudante João Pedro Storck, 16 anos, um apaixonado pelo esporte, vai além de uma partida de futebol. Por causa de uma deficiência de mobilidade, João, morador do bairro São Miguel, em São Leopoldo, não joga com a gurizada em campinhos, mas bate um bolão com as mãos em cima de um skate com a gurizada do Futebol Social, projeto da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer (Semel). E é ali que João supera seus limites e adapta as regras do futebol às suas dificuldades.

Com auxílio do skate, o garoto se destaca. Com as mãos domina e bate na bola. Habilidoso, não é “fominha” e deixa os companheiros na cara do gol. Também aproveita passes certos para “fuzilar” o goleiro e balançar as redes do adversário, mas o mais importante é que ele é tratado com igualdade por toda a garotada.

Tímido, o João Pedro revela gostar muito de jogar bola e que a sua limitação nunca o impediu de praticar o seu esporte favorito. “Sempre gostei de futebol e jogo aqui há quatro anos. Meu avô procurou a secretaria para que eu pudesse jogar aqui com os outros guris. Fui muito bem acolhido e fiz grandes amizades. Isso é uma grande motivação para mim. Além de melhorar minha confiança, o esporte traz o sentimento de que posso realizar muitas coisas”, afirma.

O secretário de Esportes e Lazer, Rogério Brito, destaca que o esforço de João Pedro incentiva os demais participantes do Projeto Futebol Social. “É um exemplo de vida para nós e para as demais crianças. É uma luta inspiradora a motivação dele. A prática esportiva é um desafio para qualquer pessoa, onde superar os próprios limites é a meta. É uma lição de vida através da integração pelo esporte”, destacou o secretário.

O Futebol Social faz parte do Programa Viver Bem da Prefeitura de São Leopoldo. A iniciativa atende cerca de 600 crianças, 300 adultos e 1.220 idosos. O objetivo é promover de forma permanente o esporte e lazer na cidade, contribuindo para a melhoria e manutenção da saúde, e que esta seja aplicada de forma consciente, segura, agradável e motivante. O programa possibilita a prática saudável da atividade física, respeitando a individualidade e as especificidades de cada participante. O Viver Bem está presente em 16 bairros através de parcerias com associações de moradores, paróquias e clubes de futebol amador.

Foto: Thales Ferreira

Redação do www.visaodovale.com.br/Colaboração: SCOM/PMSL

Autor

Bado Jacoby

bado@visaodovale.com.br

Publicidade

conexão

2016 - Todos os direitos Reservados