Time Magia, de Porto Alegre, é o anfitrião
Douglas Barcelos / Divulgação

Doze times, 260 atletas e público de 1,5 mil pessoas devem agitar a capital neste fim de semana, na segunda edição da Champions Ligay. A versão gay do campeonato brasileiro de futebol, vai trazer a Porto Alegre Competidores de seis Estados e do Distrito Federal que integram a Liga Nacional de Futebol Gay (Ligay) disputarão o título de futebol society LGBT do país.

O torneio, além de evidenciar que gays podem gostar de futebol, quer estimular a criação de outras equipes de LGBTs. A primeira edição foi em novembro, no Rio de Janeiro, com oito times. As atuais 12 equipes têm uma característica em comum: nasceram para ser um ambiente receptivo para que gays interessados em jogar futebol entrem no esporte sem medo de sofrerem piadas sobre trejeitos ou habilidades pouco desenvolvidas.

O Campeonato ocorrerá na capital gaúcha, o anfitrião é daqui: o Magia Sport Club, criado há 13 anos. Bancário, zagueiro e coordenador da equipe, Carlos Renan Evaldt, 40 anos, diz que a expectativa é para um jogo no qual “disciplina e fair play serão essenciais”. Nos fins de semana, a equipe faz amistosos com times que não contam com recorte de sexualidade.

O pessoal está se preparando muito, algumas equipes estão treinando de três a quatro vezes por semana. Vai ser bem legal, temos um regulamento rígido em relação à não violência dentro e fora das quadras. E haverá muito futebol — diz.

No sábado, a partir das 13h, ocorre a primeira fase, na qual as 12 equipes jogam com todos os adversários de seus grupos. Os dois primeiros lugares em cada chave e os dois melhores terceiros lugares se enfrentam no domingo, a partir das 11h, nas etapas semi e final, em esquema mata-mata.

Durante o evento, haverá food trucks, shows de drag queens, animação conduzida por cheer leaders e apresentação de uma escola de samba. Nas cerimônias de abertura e de encerramento, tradução simultânea para Libras feita pela drag queen Rita D’Libra.

O prêmio é simbólico: medalhas e um troféu para a equipe vencedora. Além disso, o campeonato é uma forma de os atletas se prepararem para competições internacionais, como o World Gay Games, que ocorrerá em Paris em agosto.

Para recepcionar os atletas e público de fora da Capital, cerca de 170 quartos estão reservados na rede hoteleira. Haverá também uma festa de boas-vindas na noite de sexta-feira no Espaço 900 e duas festas no sábado e no domingo, no antigo Beco 203, com performance da drag queen Sarah Vika e batalha de DJs.

Gre-Nal colorido

A 2ª Champions Ligay terá, logo na primeira fase, uma disputa entre o Magia Sport Club e o outro time que representará o Rio Grande do Sul: o PampaCats, nascido em agosto do ano passado em Porto Alegre. A relação entre as equipes é de coleguismo (ambas foram formadas para celebrar a diversidade), mas há uma atmosfera de “Gre-Nal alternativo” dentro da quadra. E o curioso é que a disputa foi consolidada por sorteio.

— É novo clássico gaúcho que abre a Champions Ligay: o Pampa-Gia é novo Gre-Nal. Estamos bem ansiosos, é o primeiro campeonato grande que disputamos, mas nos preparamos bastante e teremos a torcida dos pampalovers. Vamos dar nosso melhor — brinca o advogado e goleiro Rogério Dervanoski, 29 anos, coordenador do time.

Evaldt, do Magia Sport Club, diz que uma liga gay é necessária, por enquanto, para mostrar que homossexuais podem jogar futebol.

Há meninos que jogam em times da liga que foram dispensados das categorias de base de grandes times porque se descobriu que eram gays. A Liga dos Canelas Pretas foi criada há quase cem anos porque se pensava que negros não tinham habilidade suficiente para jogar futebol. Criaram o campeonato, então, para provar que poderiam jogar. Estamos seguindo o exemplo — destaca.

Champions Ligay
Quando:
 14 e 15 de abril (sábado e domingo)
Horário: cerimônia de abertura no sábado, às 12h. No domingo, a partir das 11h
Onde: Soccer City (Rua Lauro Muller, 700, bairro Navegantes, em Porto Alegre)

Quem joga?
Equipes de seis Estados e do Distrito Federal: BeesCats e Alligaytors (RJ), Futeboys, Bulls, Afronte e Unicorns (SP), Bravus (DF), Bharbixas (MG), Capivaras (PR), Sereyos (SC), PampaCats (RS) e Magia (RS)

 Festa de Boas-Vindas
Sexta-feira (13), a partir das 21h
Onde: Espaço 900 (Rua José do Patrocínio, 900)
Quanto? R$ 15

Festas pós-jogos
Sábado (14), das 22h às 6h
Domingo (15), das 21h às 4h
Onde: Avenida Independência, 936 (antigo Beco 203)
Quanto: R$ 35 (lote promocional), R$ 40 (1º Lote) e R$ 50 (ingresso duplo _ sábado e domingo). Podem ser adquiridos no site www.sympla.com.br/dash ou na Soccer City durante a competição.