Publicidade

Notícias da Região: NOVO HAMBURGO

09 de agosto, 2018 às 22:19 - por Redação Visão do Vale

  • Estudantes de Medicina farão estágio de observação na FSNH

Um tempo de descobertas, de reflexão, observação, desafios e de fazer, talvez, a mais importante pergunta: Que médico você quer ser para o seu paciente? Todos estes pontos foram colocados para os estudantes do primeiro semestre do Curso de Medicina da Feevale nesta quarta-feira, 8, pela direção da Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo (FSHN). O encontro, no prédio Vermelho da instituição de ensino, foi para apresentar a estrutura da saúde. A partir deste semestre, 38 estudantes da disciplina Cenários em Atenção à Saúde farão estágio de observação na UPA Canudos, UBS Canudos e na USF Morada dos Eucaliptos, todas no bairro Canudos. Ele se juntam a outros 54 colegas (da mesma disciplina, porém do nível II e III) já em atuação nas unidades de saúde dos bairros Kephas, Getúlio Vargas, Iguaçu e Liberdade.

Ao detalhar a gestão hospitalar e os serviços disponibilizados pela FSNH, o diretor-presidente Rafaga Fontoura chamou a atenção o perfil do Hospital, em que o foco é urgência e emergência. “Somos um hospital geral referência em alta complexidade em Traumatologia, Cardiologia e Neurocirurgia. E, neste mês, passamos a ser em Gestação de Alto Risco”, disse. Fontoura ressaltou os números: de 800 a 1000 internações/mês no Hospital, 290 partos/mês, volume praticamente o mesmo do Conceição de Porto Alegre. Além disso, a FSNH (somando as unidades vinculadas) soma 40 mil atendimentos mensais, sendo 20 mil portas de emergência. A UPA Canudos, por exemplo, registra uma média de 7 mil atendimentos mensais. “Há uma sobrecarga. E esse contato que vocês farão durante o estágio de observação é importante para entender a realidade da saúde pública. O Brasil precisa de jovens médicos, que prestem um serviço de qualidade para a população”, afirma o presidente.

COMPROMISSO – O diretor médico Hospitalar, Augusto Rafael Lengler Vargas, falou sobre o compromisso e as obrigações de ser médico diante de uma população em crescimento e a estrutura da saúde que não cresce com a mesma dinâmica. E que há burocracias, a judicialização da medicina, cobranças de familiares. E mesmo com todos os empecilhos e dificuldades, a profissão é apaixonante. “Vocês vão passar por muitos cenários diferentes até a graduação. Se questionem sobre o que querem ser e não no que querem ter”, comenta Vargas.

Já a médica de Família e responsável técnica da Direção de Gestão Ambulatorial (DGA), Rafaela Barreto, mostrou a importância das estratégias da saúde, através das Unidades de Saúde da Família, onde o paciente é sempre atendido pelas mesmas pessoas, criando um vínculo como ferramenta de saúde, e nas Unidades Básicas de Saúde, que atuam de uma forma mais mista, com atendimentos agendados e porta aberta. “A rotina médica é moldada por cada um. Aproveitem estes seis anos para pensar o que querem ser como médicos. Aproveitem essas peregrinações na rede, conversem com especialistas, utilizem os serviços para se aprofundar na saúde”, argumenta. Também participaram da apresentação a assistente social da FSNH, Michelle Amaral Fagundes, e Pâmela Coelho, responsável pelo Núcleo de Educação e Desenvolvimento da Fundação.

 

 

  • Aula inaugural do Cinema Comunitário reúne estudantes na Santo Afonso

Núcleo de Formação em Comunicação e Audiovisual faz parte da Prevenção à Violência do PDMI

Formar estudantes mais maduros, desenvolver um olhar crítico para a mídia e trabalhar em equipe respeitando as diferenças e possibilitando a inclusão são os objetivos do Núcleo de Formação em Comunicação Cidadã e Audiovisual que teve hoje pela manhã a aula inaugural do Cinema Comunitário para cerca de 80 alunos da escola João Batista Jaeger, na Base Pronasci do bairro Santo Afonso. Conduzido pelas oficineiras do Programa Movimentos e Vivências na Educação Integral (Move), em parceria com a Feevale, o núcleo faz parte do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI).

O filme escolhido para a primeira exibição foi Lixo Extraordinário, de Vik Muniz, e fez relação com os projetos da Feira de Ciências realizada pela escola. Para as educadoras Rosane Werner Kuhn e Sandra Conceição Moraes Martins, trabalhar o cinema no espaço pedagógico da escola é um exercício de cidadania que possibilita que professores e estudantes desenvolvam a compreensão das formas de expressão audiovisual e o respeito às diferenças. “É uma forma de compartilhar vivências com outras turmas e com suas famílias”, diz Sandra. “Essas crianças gritam pelo saber, pela tecnologia. É um ganho para todos”, completa Rosane.

Conforme o representante da Feevale Daniel Luciano da Silva, as inscrições para as oficinas de audiovisual devem abrir em breve. “Mas quem quiser acompanhar as próximas exibições do cinema comunitário, basta passar na Base Pronasci (Rua Buenos Aires, 217) e informar-se dos horários disponíveis”, esclarece. O Núcleo faz parte do componente 3 (Prevenção à Violência) do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado (PDMI), financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

 

 

  • Ônibus circularão nos horários da tabela de domingo a partir desta sexta-feira

A Diretoria de Transporte de Novo Hamburgo comunica que, a partir desta sexta-feira, 10, os ônibus municipais deverão circular nos horários da tabela de domingo.

O motivo é a paralisação do transporte coletivo municipal anunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Novo Hamburgo.

A greve tem início previsto para esta sexta e não há data programada de término.

Uma decisão judicial do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 4ª Região desta quinta-feira, 9, determina que durante a greve os ônibus circulem com a tabela de horária de domingo, com possibilidade de multa em caso de descumprimento.

A tabela horária de domingo será válida para a circulação dos ônibus todos os dias da semana até o encerramento da paralisação.

Na tarde desta quinta-feira, 09, uma audiência de conciliação entre os representantes do Sindicato e das empresas de ônibus foi realizada no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 4ª Região, tendo como pauta a discussão sobre o dissídio coletivo da categoria, que motiva a greve.

A Prefeitura ingressou com a ação junto ao TRT para garantir a manutenção do serviço à população.

Qualquer alteração de cenário, a Diretoria do Transporte voltará a comunicar os usuários do transporte coletivo.

Confira os horários dos ônibus nos sites:

http://www.hamburguesa.com.br/

https://www.viacaofutura.com.br/horarios.php

Observações:

– A Viação Feitoria que faz a linha do bairro rural de Lomba Grande até o Centro (vice-versa) circulará normalmente nesta sexta-feira, 10.

– As linhas intermunicipais também circularão normalmente nesta sexta-feira.

 

 

  • Prefeitura entrega novo ginásio da EMEF Arnaldo Grin

O antigo ginásio interditado e que não oferecia segurança e conforto não faz mais parte da rotina de estudantes e professores da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Arnaldo Grin. A Prefeitura de Novo Hamburgo, por meio da Secretaria de Educação (SMED), realiza no sábado, 11 de agosto, às 9 horas, a entrega oficial do novo ginásio da escola. Para comemorar esta importante inauguração, a comunidade escolar e autoridades disputarão jogo de Badminton, modalidade olímpica praticada por alunos na escola que fica localizada na Rua Montevidéu, 902 – Santo Afonso.

Sem condições para ser utilizado, o local precisou passar por uma grande reforma. Desde o piso da quadra, que recebeu marcações de badminton, basquete, vôlei e futsal, até o telhado, que teve peças substituídas, o ginásio foi completamente revitalizado. As obras incluíram os vestiários, banheiros, salas de apoio e iluminação. O investimento para a realização das obras foi de R$ 309.575,43. Com 30 anos de história, a EMEF Arnaldo Grin atende a 550 alunos.

 

 

Publicidade

quero-quero-banner-1024x97

2016 - Todos os direitos Reservados