Hoje é segunda-feira, 18 de junho de 2018

Publicidade

E a farra dos aviões da FAB cada vez aumenta mais: Em pouco mais de um ano, Maia usa avião da FAB 250 vezes

05 de março, 2018 às 12:37 - por Redação do www.visaodovale.com.br

Somente no primeiro trimestre do ano passado, de acordo com a ONG Contas Abertas, Maia viajou 30 vezes entre Brasília e o Rio, o que significou um gasto de R$ 600 mil, levando em conta apenas o consumo de combustível.

O levantamento foi feito pela Isto é. Segundo a lei, podem viajar em aeronaves da FAB o vice-presidente da República, comandantes das Forças Armadas, e os presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), do Senado e da Câmara.

Já os ministros, de acordo com o Decreto 8.432 de 2015, ainda no governo de Dilma Rousseff, só podem recorrer aos jatos da FAB para cumprir agenda oficial ou por questões de segurança, não podendo usá-los para ir e voltar das cidades de origem, às segundas e sextas-feiras.

Somente no primeiro trimestre do ano passado, de acordo com a ONG Contas Abertas, Maia viajou 30 vezes entre Brasília e o Rio. Foram gastos mais de R$ 600 mil, levando em conta apenas o consumo de combustível de um modelo Legacy 600 da Força Aérea Brasileira – o mais utilizado por ministros e outras autoridades. Normalmente, o político do DEM voa com mais 8 passageiros.

Para se ter uma ideia, se utilizasse um voo comercial entre São Paulo e Rio de Janeiro, o gasto seria, em média, de R$ 500 mil a R$ 1.000 por pessoa. Em um jatinho da FAB é de R$ 2.400.

Publicidade

quero-quero-banner-1024x97

2016 - Todos os direitos Reservados