Hoje é segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Publicidade

ACIST-SL celebrou 97 anos em jantar comemorativo

04 de julho, 2017 às 11:45 - por Bado Jacoby

Brinde comemorativo

Tendo a cópia da ata de instalação (escrita em 21 de março de 1920), como pano de fundo de palco, a ACIST-SL celebrou na sexta-feira passada (30) seus 97 anos de fundação. Reunidos no salão de eventos do Villa Petit, associados, autoridades, imprensa e convidados confraternizaram mais um aniversário da entidade, que ruma aos 100 anos em 2020. Citando a história do menino que ouve do pensador que o mundo é do tamanho dos seus sonhos, ao questioná-lo sobre qual era o tamanho do universo, o presidente Leandro Hilbk que a ACIST-SL comemora o sonho dos seus fundadores. “Eles sonharam que, através do associativismo, teriam mais força para construir uma São Leopoldo melhor para as futuras gerações, algo em que acreditamos até hoje”.

O dirigente também agradeceu o empenho da Comissão Organizadora, que não mediu esforços para o evento o melhor possível para todos os presentes. O grupo foi formado pelos associados Madeleine Hilbk, Luiz Calgaroto, Maria do Socorro Bittencourt, Marco Aurelio Zang e Aidê Stürmer Jones. “Também nosso agradecimento à equipe de funcionários e demais colaboradores”.

O prefeito Ary Vanazzi, por sua vez, ressaltou a dimensão dos desafios dos líderes que construíram caminhos em muitos momentos difíceis. “Se São Leopoldo é esta cidade forte, é porque teve um processo de produção coletivo, que gerou resultados incríveis, como o Tecnosinos, o maior parque tecnológico da América Latina. “Este exemplo mostra que unir as forças vivas leva à superação de desafios.

O vice-presidente da Regional Vale do Sinos da Federasul, Fernando de Paula, em nome da presidente da entidade, Simone Leite, disse que é sempre um aprendizado participar das atividades da ACIST-SL. “Aqui são feitas verdadeiras lições sobre gestão, sobre cooperativismo”, pontuou. Ele citou, como exemplo, que a recente mudança do estatuto da Federasul, que permitiu a eleição de um presidente fora de Porto Alegre, começou com o apoio da ACIST-SL. “Vida longa esta casa que tanto nos orgulha”.

Homenagem – O evento também foi momento para recordar de Cândida Gemma Dal Pra Bocassius, que faleceu aos 89 anos, no dia 28 de junho. Dona Cândida, como era conhecida, atuou como secretária executiva na associação durante 44 anos, de 1947 -1991, sendo a funcionária com mais tempo de casa. Ela foi aplaudida em reconhecimento ao seu trabalho dedicado ao desenvolvimento de São Leopoldo.

Após o cerimonial, a Presto Produções e Promoções Artísticas, brindou os presentes com a apresentação de um trio composto de voz e violão, violino e violoncelo.

Colaboração: Assessoria de Imprensa da ACIST/SL – Jornalista ElizabethRenz

Autor

Bado Jacoby

bado@visaodovale.com.br

Publicidade

2016 - Todos os direitos Reservados